domingo, fevereiro 12

..., férias e algumas palavras

Consegui ficar acordado até tarde hoje. Bom, tarde para mim. Acabei de sair do banho e enquanto estava lá dentro pensei em algo bacana para colocar aqui. Cheguei, me distraí lendo a postagem anterior a esta e acabei esquecendo o que tinha pensado. Isso é realmente triste.

Essa coisa dos objetivos ainda ocupa uma parcela considerável do tempo de funcionamento da minha mente (detesto usar esta palavra, mas acho que é a que melhor se encaixa). Havia pensado que devia arrumar um hobby. É, pensei mesmo, mas não consegui descobrir qual. Deixei a ideia de lado, quem sabe apareça algo naturalmente.

Minhas férias estão chegando. Serão 30 dias de sossego e calor. Sim, porque não tem ar-condicionado aqui em casa. Devia ter pensado nisso antes de me meter com esse negócio de férias... Dez destes dias já têm a manhã reservada. Estou pensando em ocupar algumas tardes (ou noites) para fazer algo que sempre quis fazer. Não vou dizer exatamente o que é (não aqui), mas imagino que será algo desconfortável no inicio, mas que depois de um tempo vai me ajudar em algumas coisas, inclusive nessa questão dos objetivos.

Vou parar por aqui, prometi postagens curtas e não quero correr o risco de contar mais do que devo.

Uma coisa curiosa: existem certas palavras que eu não consigo dizer de jeito algum. Algumas não saem em nenhum contexto, outras só em tom de gozação. São palavras bem comuns, na verdade, mas que por alguma razão me causam certo desconforto. Será que é só comigo?

3 comentários:

Manu disse...

que tipo de palavras?

Fériaaaaaas! Quero muito isso. com calor e tudo, não me importo. Elas parecem estar fugindo de mim.

Como você está misterioso hoje...

Gabriela Cintra disse...

Curti o blog :D

Ana Andreolli disse...

no meu caso, tem frases que não saem. de jeito nenhum.